Google+

NFT: Um tipo de Hidroponia

2 Flares Filament.io Made with Flare More Info'> 2 Flares ×

O que é hidroponia?

Hidroponia consiste no cultivo de alguma espécie vegetal sem o uso de solo. Porém, existem várias formas de sistemas hidropônicos ou tipos de hidroponia. Todos com o mesmo objetivo: cultivo sem solo. Uma dessas técnicas é conhecida como NFT (Nutrient Film Technique) ou técnica do filme nutriente.

 

Sistema NFT de hidroponia:

O sistema hidropônico NFT é uma técnica de cultivo em água, no qual as plantas crescem tendo o seu sistema radicular dentro de um canal ou canaleta através do qual circula uma solução nutritiva composta de água e nutrientes.

Essa técnica de hidroponia surgiu na Inglaterra em 1965, e a nomenclatura Nutrient Film Technique, sugere que a espessura do fluxo da solução nutritiva que passa através das raízes das plantas deve ser bastante espessa para fornecer a planta tudo o que ela necessita e ao mesmo tempo o fluxo não deve ser demasiado alto ao ponto de deixar as raízes submergidas e causando falta de oxigenação radicular.

 

Como o sistema NFT de hidroponia funciona?

Como pode ser visto da imagem abaixo, a hidroponia em NFT possui um reservatório onde a solução nutritiva é armazenada, do reservatório a solução nutritiva é bombeada para a parte superior da bancada de cultivo passando pelos canais e recolhida, na parte inferior do leito, retornando ao tanque.

Sistema NFT de Hidroponia

Sistema NFT de Hidroponia
(Clique para ampliar)

Componentes para instalação de hidroponia no sistema NFT:

Para construção de uma horta hidropônica completa devemos ter um Sistema hidráulico, Estufa e Bancadas.

Sistema hidráulico:

O sistema hidráulico é responsável pelo armazenamento, recalque e drenagem da solução

nutritiva, sendo composto de um ou mais reservatórios de solução, do conjunto moto-bomba e dos encanamentos e registros.

O deposito da solução nutritiva pode ser de diversos materiais. Sendo que os tanques de PVC e de fibra têm sido os preferidos em virtude do menor custo, facilidade de manuseio e, por serem inertes, não necessitarem de nenhum tratamento de revestimento interno. É importante ressaltar que o depósito deve ser enterrado protegido da luz e bem vedado. Isso evita a formação de algas e a entrada de pequenos animais no depósito. Além disso, sua instalação deve ser preferencialmente abaixo do nível da tubulação dedrenagem, facilitando o retorno da solução por gravidade.

O tamanho do reservatório dependerá do número de plantas e das espécies que serão cultivadas. Deve-se obedecer ao limite mínimo de 0,1-0,25 L/planta para mudas, de 0,25-0,5 L/planta para plantas de pequeno porte (rúcula, almeirão), de 0,5-1,0 L/planta para plantas de porte médio (alface, salsa, cebolinha, agrião, manjericão, morango, cravo, crisântemo), de 1,0-5,0 L/planta para plantas de maior porte (tomate, pepino, melão, pimentão, berinjela, couve, salsão, etc.). Quanto maior a relação entre o volume do tanque e o número de plantas nas bancadas, menores serão as variações na concentração e temperatura da solução nutritiva. Entretanto, não se recomenda a instalação de depósitos com capacidade maior que 5.000 L, em vista da maior dificuldade para o manejo químico (correção do pH e da condutividade elétrica – CE) e oxigenação da solução nutritiva.

Para transferir a solução nutritiva do tanque até as raízes das plantas necessitamos de uma bomba. Contudo, potência necessária da bomba para o transporte da solução nutritiva é pequena. Isso porque a hidroponia requer uma pequena vazão no sistema. Sendo entre 1,5 litro/minuto a 2,0 litros/minuto por canaleta de cultivo.

A automação da bomba que promove a circulação da solução nutritiva é feita por um temporizador. Esse equipamento permite que o tempo de irrigação e drenagem ocorra de acordo com a programação que se deseja. Existem no mercado temporizadores mecânicos com intervalos de 10 por 10 ou 15 por 15 ou 20 por 20 minutos e temporizadores eletrônicos com intervalos variados de segundos a minutos.

O tempo de irrigação varia muito entre os sistemas, bancadas, regiões, tipos de cobertura, variedade cultivada e época do ano, não havendo regra geral. Em locais quentes, durante o verão, o sistema deverá permanecer ligado ininterruptamente durante as horas mais quentes do dia, ao passo que no mesmo local, no inverno, esse manejo será diferente.

Estufa para hidroponia:

Para se obter o máximo de qualidade no cultivo hidropônico é recomendado o cultivo dos vegetas em um ambiente protegido como uma estufa. Contudo, é possível construir uma pequena horta hidropônica sem uma estufa cara e complexa em sua própria casa, desde que seja num local abrigado do sol e chuva.

O modelo mais utilizado comercialmente é a capela (duas águas), que fornece amplo espaço interno, com bom escoamento da água das chuvas e boa proteção interna. Dependendo do tamanho da estufa podem ser colocadas várias bancadas no seu interior.

Abaixo uma imagem de uma estufa muito utilizada principalmente por pequenos produtores hidropônicos devido ser muito simples e prática.

Estufa para hidroponia

Estufa para hidroponia
(Clique para ampliar)

Para a cobertura das estufas recomenda-se a utilização de filme plástico aditivado anti-UV e antigotejo, com espessuras de 75 m, 100 m ou 150 m. O filme plástico antigotejo é de extrema importância, pois evita que o acúmulo interno de água caia em forma de gotas sobre as plantas e faz com que a água escorra pelas laterais da estufa. Assim, evitam-se a contaminação e a propagação de diversos patógenos, principalmente os fúngicos.

Abaixo exemplo de estufa usada para cultivos comerciais em grande escala (Clique para ampliar).

hidroponia alface

Estufa para hidroponia comercial

Bancadas:

As bancadas ou mesas de cultivo é onde são colocadas as mudas, ou seja, onde vai ocorrer o plantio e o desenvolvimento dos vegetais.

Abancada para hidroponia deve ter até 1,0 m de altura e 2,0 m de largura para mudas e plantas de ciclo curto (hortaliças de folhas) e até 0,2 m de altura e 1,0 m de largura para plantas de ciclo longo (hortaliças de frutos). Essas dimensões são suficientes para uma pessoa trabalhar de maneira confortável nos dois lados da mesa, facilitando-lhe as operações de transplante, os tratamentos fitossanitários, os tratos culturais, a colheita e a limpeza da mesa.

É recomendado uma declividade 2 a 4% nos canais que conduzem a solução nutritiva. E abancada deve ter no máximo 15 metros, isso evita a possibilidade de escassez de oxigênio para as últimas plantas da bancada.

Os canais de cultivos podem ser feitos com diversos tipos de materiais. Contudo, o material utilizado deve ser impermeável ou impermeabilizado para não reagir com a solução nutritiva. No Brasil, vêm-se utilizando para a montagem dos canais telhas de cimento amianto ou tubos de PVC, que são materiais muito usados na construção civil, fáceis de se encontrar e com preços razoáveis.

Veja esquema de uma bancada de cultivo hidropônico: (Clique na imagem para ampliar)

hidroponia alface pvc

Bancada e canais de cultivo com canos de PVC

Como mostrado na imagem acima, os canos de PVC estão cortados ao meio, com isso, com o mesmo cano se obtém dois canais de cultivo. Também pode ser utilizado o cano inteiro, fazendo somente um orifício redondo para cada planta, isso dispensa o uso de placa de isopor, pois o próprio cano serve de suporte para o cultivo.

Os canais de PVC servem para todas as fases de desenvolvimento das hortaliças mais cultivadas. Para mudas utilizam-se os tubos de 40-50 mm; para fase intermediária, os de 75-100 mm, e para a fase definitiva ou produção, os de 100-200 mm, dependendo da espécie cultivada.

Os tubos de PVC são uma alternativa econômica para construção de uma horta hidropônica. Contudo, existem no mercado estruturas próprias para hidroponia no sistema NFT como a mostrada na imagem abaixo.

Estrutura pronta para cultivo hidropônico

Estrutura pronta para cultivo hidropônico
(Clique para ampliar)

Principais fontes:

www.hydroponics.co.nz

FURLANI, P.R.; SILVEIRA, L.C.P.; BOLONHEZI, D.; FAQUIN, V.  Cultivo hidropônico de plantas. Campinas: Instituto Agronômico, 1999. 5p. (Boletim técnico, 180).

 

 

2 Flares Facebook 2 Google+ 0 Twitter 0 Filament.io Made with Flare More Info'> 2 Flares ×

Tags: ,

Categoria: Tipos de Hidroponia

Comentários (7)

Trackback URL | Comments RSS Feed

Sites That Link to this Post

  1. Aeroponia: Um tipo de Hidroponia | 4 de agosto de 2013
  2. Franquia para produção de Hidropônicos | 5 de agosto de 2013
  3. Como plantar alface em hidroponia | 9 de agosto de 2013
  4. Projeto Completo para Cultivo de Alface Hidropônica | 25 de agosto de 2013
  5. Cultivo de Framboesa em Hidroponia | 14 de setembro de 2013
  6. Principais plantas cultivadas em Hidroponia | 2 de outubro de 2013
  7. Hidroponia com garrafas pet | 25 de novembro de 2013

Deixe um comentário

Current month ye@r day *